Pesquisar este blog


Informações do livro:
Título: Um gato de rua chamado Bob
Autor: James Bowen
Editora: Novo Conceito
Páginas: 236


Sinopse:
Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks). Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.


Resenha
James Bowen vem de uma infância complicada, país separados e ele vivia com a mãe que estava sempre de mudança em novas cidades e as vezes até em outros países e esse vai e vem resultava sempre em novas escolas, caras novas e poucas amizades, James era alvo fácil de bullying que acabou o tornando um jovem rebelde, com um visual gótico e diferente. Com o passar dos tempos às drogas foram entrando na sua vida, mas James mantinha um sonho de ser músico, motivado por isso partiu para Londres para morar com sua meia irmã, mas a convivência não deu certa e ele acabou nas ruas, dormindo ao relento, tocando e às vezes roubando para manter seu vicio.


Em 2007 ele resolveu que isso iria mudar, entrou para o programa de reabilitação, conseguiu moradia subvencionada e estava trabalhando nas ruas, mas agora seu dinheiro era direcionado para pagar seu aluguel e despesas de casa, porém o que ele não esperava era que um pequeno ser fosse entrar na sua vida e foi em um dia voltando de mais uma de suas apresentações na rua com sua ex-namorada e atual amiga Belle que ele viu o pequeno laranjinha no prédio do seu apartamento, James pensou que ele era de algum morador e por isso acho melhor deixar ele onde encontrou, no entanto com o passar dos dias ele viu que o gato de fato estava sozinho ali, não tinha dono então ele o acolheu em seu apartamento, para trata-lo e alimenta-lo adequadamente e depois devolveria eles as ruas, mas as coisas não aconteceram como o planejado...




Com o passar dos dias Bob se mostrou mais inteligente que a maioria dos gatos, ele era além de tudo especial e James sabia que não iria conseguir se separar tão facilmente dele assim e foi o que aconteceu então mesmo depois de curado o gato não quis partir, não queria abandonar a pessoa que o acolheu e foi assim que Bob foi aos poucos se tornando parte da vida de James e passou a acompanha-los em suas apresentações de rua.



Bob chamava a atenção de todos que passavam por ele e isso era de grande ajuda para o trabalho de James, seus ganhos aumentaram e ele deixou de ser apenas um pedinte invisível, claro que também chamavam atenção negativa e se tornaram alvo de algumas injustiças.



O livro nos trás uma história real e tocante de um homem e seu gato, de duas vidas que foram completamente mudadas, James estava lutando há algum tempo para largar o vicio das drogas e Bob apareceu em sua vida para ajuda-lo nessa luta e James também ajudou Bob que embora seu passado fosse um mistério era visível que ele não vinha de uma vida fácil e confortável, lado a lado os dois foram traçando um novo caminho mais feliz e pela primeira vez James pensava em um futuro, pensava em ter uma vida estável, porque agora ele tinha responsabilidades, ele tinha mais uma boca para alimentar, tinha um ser que dependia dele para viver e como ele mesmo dizia Bob agora era seu filho, seu bebê.


“- Eu te dou mil libras por ele.
Eu apenas olhei para ela e respondi: 
- A senhora tem filhos? 
- Erm, sim, com certeza eu tenho 
– Balbuciou, um pouco confusa.
- A senhora tem. Ótimo. Quanto quer pelo seu filho mais novo?
- Do que você está falando?
- Quanto quer pelo seu filho mais novo?
- Não creio que uma coisa tenha a ver com...
Eu a cortei.
- Na verdade, creio que tenha tudo a ver com isso. Até onde eu entendo, Bob é meu filho. Ele é meu bebê. E a senhora me pergunta se eu aceito vende-lo é exatamente o mesmo que eu lhe perguntar quanto a senhora quer pelo seu filho mais novo.”


Eu gostei muito do livro, embora eu seja “Cachorreira” não tive como não me emocionar com a história do tão incomum Bob, eu sei bem como os animais são capazes de mudar a vida de uma pessoa, seja ele apenas um animal comum sem talentos especiais ou um cheio de charme e graça como o laranjinha do livro, eles são capazes de mexer com uma pessoa só com um olhar.




A mensagem que tirei do livro é que ninguém consegue muita coisa sozinho, que uma vida solitária é difícil, ainda mais quando se tem problemas e traumas como James tinha, ele entendeu que Bob era sua segunda chance, segunda e última e por isso se agarrou a ela com todas suas forças, queria se salvar e manter Bob seguro e isso que é o mais bonito dessa história, ele foi capaz de se arriscar para salvar a vida de Bob, um tipo de amor raro hoje em dia, enquanto vemos noticias de pessoas maltratando animais, animais esses que deveriam cuidar e proteger, ler uma história como essa de James e Bob é muito bom, faz ter um pouco mais daquela esperança na humanidade a muito esquecida.





Leiam “Um gato de rua chamado Bob” e tirem suas próprias conclusões, é uma história rápida e leve, não vai te tomar muito tempo e pode mudar sua forma de ver algumas pessoas e animais.


Bob e James tem alguns vídeos no youtube feito por admiradores dos dois...



Dúvida: Se James não tinha fogão, para que tantas panelas? kkkkkkk

Update:

Olha só que surpresa, o link desse post foi compartilhado na página oficial de James e Bob.


16 Comentários

  1. Não sou fã número um de gatos, mas estou mega ansiosa e cheia de expectativas para esta leitura. Ele já está na minha estante me esperando, espero em breve conseguir ler-lo. Amei a resenha =)

    Beijos! s2
    http://comoumrefugio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de gatos como gosto da maioria dos animais, mas minha paixão mesmo são os cães, mas Bob é de fato apaixonante, você vai amar conhecê-lo, pode ter certeza!

      Excluir
  2. adorei esse livro! meus animais (um gato e um cachorro dog alemão) são meus filhos tambem :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu cachorro também é meu filho, meu bebezão!

      Excluir
  3. Eu quero esse livro pra ontem, deve ser lindo!

    http://senhoritapriscila.blogspot.com
    Curti a fan page? (www)
    @priscilafrr,
    beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é lindo mesmo, leia porque você certamente ira amar!

      Excluir
  4. Que super resenha, Andy!
    Quero ler o livro: Primeiro, eu adoro gatos. Segundo, eu me apaixonei pelo livro. Terceiro, depois dessa resenha eu nem precisei ler o livro pra sentir uma mudança, ainda que pequena, em mim.
    HEHEHE

    Gabryelfellipeealgo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah fico muito feliz que você tenha gostado, leia o livro que você vai gostar, histórias assim mudam nossa forma de ver o mundo, vale a pena!

      Excluir
  5. Minha próxima leitura,espero que eu goste ;)
    E esse gato gente,que coisa mais fofa *--*

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele realmente é muito fofo, tenho certeza de que você vai gostar!

      Excluir
  6. Também sou "cachorreira", mas fiquei bege que a história é real, e que história. Bem emocionante, hein? GOstei das lições que vc tirou com ela, é bem por aí mesmo, ninguém faz nada sozinho, precisamos de apoios e mãos (ou patas rs).
    Fiquei super feliz com o compartilhamento na página ofícial. Parabéns Andy!!!

    Participa das promoções de aniversário do blog, tá rolando sorteios bem legais, incluindo um template personalizado do jeitinho que o ganhador quiser!!! Te espero lá ;)

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim eu também fiquei surpresa quando soube que era uma história real, adoro livros assim que nos deixa algo de bom...

      E vou participar das promoções sim, valeu!

      Excluir
  7. Oi, tudo bom? Espero que sim.

    Primeiro devo dizer que adorei seu blog, sério. Muito legal mesmo. É sempre bom conhecer blogueiros e ler coisas tão legais. Continue assim, ok? Estou seguindo e sempre que der passarei por aqui. Gostei mesmo!

    Sobre o post, só tenho uma coisa pra falar: eu adorei o livro. Muito bom :]

    Ah, também tenho um blog literário. Passa por lá depois. Quem sabe você não gosta do meu espaço? Ficaria agradecido, é claro!

    Deixo o link: http://www.diariodebordodeumleitor.com/

    Um abração,
    Igor Gouveia.

    ResponderExcluir
  8. Oiie , Gostei Muuiito do seu blog !
    Surpercriativo!
    Ja estou seguindo !
    Vem conhecer o meu ?

    www.fernandacarrdozo.blogspot.com

    Te Espero Lá !
    F.Cardozo

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha! Parece ser mesmo uma história linda! E sem contar que amo gatos, e isso me deixou ainda mais interessada... :D

    Gostei muito do seu blog, já estou participando do site!
    Abração.

    ResponderExcluir

E você o que achou?