Pesquisar este blog



Ideias, eu preciso de ideias, mas esse calor não ajuda, eu não consigo me concentrar, eu nem sei no que pensar, nunca fui uma pessoa muito criativa mesmo, no entanto estou sempre pensando em mil coisas, coisas que talvez só sejam interessantes para mim e mais ninguém, coisas que só eu vou entender.

Agora mesmo, nem sei como continuar escrevendo esse texto, mas vou tentando, quem sabe no final tire algum proveito dos devaneios?

Imaginar coisas é tão fácil quando se está deitado e de olhos fechados, quando tudo que você menos quer é encher sua cabeça de pensamentos e eles insistem em aparecer, ai você desiste de dormir e resolve colocar em prática, mas e ai... Qual era mesmo a ideia?

Queria ver um filme, mas não tenho paciência de ficar sentada por algumas horas em frente a uma tela, vendo pessoas fingindo viver uma vida quase sempre mais interessante que a minha, queria ouvir música, mas há muito que nenhuma me empolga como antes, tudo anda meio monocromático ultimamente, eu não acho graça em quase mais nada, mas gosto de pensar em você.

Eu acho que vai chover, mas eu ainda continuo sem ideias, pensei em fumar um cigarro, mas lembrei que já tem algum tempo que larguei o vício, pensei em tomar um café para me sentir mais intelectual, parece funcionar com a maioria, mas ai lembrei que a bebida me faz mal e nem tem tanta graça assim como fazem parecer, portanto conclui então que nada nem ninguém vai fazer eu ser mais criativa. Será?

Foi então mais uma vez eu pensei em você e sabe por que? Porque é justamente você que invade minha cabeça quando eu deito e tento dormir e é você que me faz levantar procurando algo para amenizar a saudades que eu sinto quando não te tenho por perto e também é você que me faz querer ser alguém mais interessante e menos amargurada com a vida, e que ainda me faz sentir vontade de ouvir música e conhecer novas histórias, para depois empolgada te contar tudo que achei sobre cada coisa nova que descobri e provavelmente é você que vai me deixar envergonhada ao ler esse meu pequeno e bobo texto em voz alta.

Droga, você atrapalhou meu texto inteligente, ele ficou meloso e sem graça.



"...Love, I don't need those things
I don't need no ring
I don't need anything
But you with me, cause in your company
I feel happy oh so happy and complete..."
PS: Sim o você, é você Bruno.

30 Comentários

  1. ninguém além de vc me entenderia tão bem. e é por isso que eu te amo!
    ps. eu consigo estragar as melhores coisas

    ResponderExcluir
  2. Awwn que texto lindo Andy!
    Vim retribuir o seu comentário lá no meu blog e acabei adorando seu cantinho!
    Belas palavras e conheço bem esse sentimento, o tédio, a falta de interesse nas coisas cotidianas, enquanto o pensamento só se fixa em um lugar. Nada mais tem graça, se não for o cara que a gente ama. Fofíssimo! Romantismo na blogosfera, meloso nada. É real, íntimo e verdadeiro! ;)

    Beijos ;*
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    Já te seguindo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, que bom que gostou, é muito bom ter alguém assim, alguém para amar, da vontade de seguir em frente, mesmo quando tudo está meio sem graça!

      Valeu por seguir o blog! :D

      Excluir
  3. Nossa, que texto perfeitoo.. e que declaraçãoo eimm
    Lindo lindo lindo
    xoxo
    Isis - minhaestantecolorida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah muito obrigada viu!
      Fico feliz que tenha gostado... Isso me anima e muito!

      Excluir
  4. Nossa, texto mega perfeito.
    E pode ter certeza que não ficou meloso. Ficou lindo e muito fofo.
    Descreve perfeitamente o que sentimos quando estamos completamente envolvidas na magia do amor.

    Beijinhos
    Books and Movies
    http://leiturae7arte.blogspot.com.br
    @BooksAndMovies_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom, obrigada, o amor muda muito nossa visão das coisas!

      Excluir
  5. Adorei o texto, sério. *---*
    Queria saber escrever tão bem assim, rs.
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain, obrigada...
      Mas tenho certeza que você consegue escrever tão bem quanto, as vezes só precisamos de uma motivação! :D

      Excluir
  6. Oi Andy!

    Lindo texto.
    E que bom poder estragar texto por motivos tão bons.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, realmente tem motivos que valem a pena!

      Obrigada! :D

      Excluir
  7. Oi Andy :)
    Que reflexão profunda hein? Eu fico igual à você no seu texto quando por exemplo, acabo de ler um livro bom e todos já não me tem mais graça... Um vazio grande que só pode ser preenchido pelas pessoas que nos amam e que nós amamos.
    Beijos

    http://estantedasfadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente tem livros que nos causam essa sensação, esse vazio e a ideia de nunca mais encontrar algo tão bom quanto, por isso é importante ter pessoas que amamos ao nosso lado!

      Excluir
  8. Gostei desse texto Andy, me lembrou muito os meus momentos de confusão na cabeça em que eu imagino que nunca vou sair desses devaneios.

    Sobre o que você comentou lá no meu blog, pode participar sim, é só entrar no grupo do projeto no facebook. Aqui: https://www.facebook.com/groups/224937127671108/

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto Andy. Me identifiquei. Sempre estrago meus próprios textos com coisas assim. Mas com outras pessoas, como você, acho super importante estragar muitos e muitos textos :D

    Depois de responder seu comentário, vim visitá-la e navegar pelo seu blog e em seguida adicionei aos favoritos e virei visitar mais vezes xD adorei! Beijos

    http://cupcakeneerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaa
      Realmente é bom estragar alguns textos com quem vale a pena! :D

      Excluir
  10. Adorei o texto, muito bonito, gente. Você sabe escrever muito bem!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Você escreve muito bem, parabéns!
    http://pantera-selvagem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie sua linda, vim visitar e seguindo =)
    me identifiquei com teu post, as vezes tenho várias ideia, mas quando sento para escrever não sai nada!
    E também as vezes não tenho paciência para ficar na frente da tv...
    gostei muito da música |õ|
    Beliscões carinhosos da Máh-
    Cantinho da Máh

    @Maaria_Silvana
    pS:
    fazemos parte do mesmo projeto, ANEB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah muito obrigada viu, conheci essa música a pouco mas adorei logo de cara!

      Excluir
  13. Oie minha linda, tudo bem?
    Passando aqui para te agradecer pela sua visitinha em meu blog e também dizer que estava com saudades de dar uma passadinha aqui.
    Me desculpa, eu li seu texto meio que picado, porque estou com pressa, nem em casa eu estou, por isso quando voltar para casa irei ler com mais calma, porque estou no meu curso. Mas pelo que pude ler, eu me identifiquei com algumas coisas.
    Enfim...depois venho aqui. Se cuida e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Que texto lindo! Estava pensando nisso esses dias, sobre deitar e não parar de pensar e pensar e pensar. Incrível que pensei nisso quando estava deitada haha' Adorei love, gostei muito de ter retribuído sua visita e me deparar com esse blog lindo. Ah e claro, seguindo ;)

    Beijos,
    Irradiando

    ResponderExcluir
  15. Nossa, que texto mais lindo e profundo, poxa me encontro completamente como você! De certa forma só, mas inteira e sem querer, apaixonada. Parabéns, escreve muito bem!

    Estou seguindo aqui, obrigado pela visita em meu blog! Beijinhos, Thamires R.
    http://marcaprovisoria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

E você o que achou?